segunda-feira, 18 de junho de 2018

Transtorno Bipolar


TRANSTORNO BIPOLAR

              O transtorno bipolar está classificado como um transtorno de humor.
              A bipolaridade são alterações de humor exageradas e uma grande instabilidade emocional, seguido por episódios de mania e depressão. E não é dupla personalidade, mas são oscilações de humor.
              Na fase da mania, a pessoa fica um pouco fora da realidade com sono reduzido, mas acha que está bem e nem pensa em procurar ajuda profissional.
              Esse transtorno não tem cura, mas pode ser controlado com medicamentos com orientação psiquiátrica, mudança de hábitos cotidianos e psicoterapia.
              Dentro desses transtornos de humor temos também o transtorno depressivo, onde afeta a maneira da pessoa sentir, pensar e agir. Que é bem diferente de tristeza!

Paula Espíndola



sábado, 16 de junho de 2018

Transtorno dismórfico corporal


TRANSTORNO DISMÓRFICO CORPORAL

              O transtorno dismórfico corporal é aquele que apresenta uma preocupação excessiva com algum imaginado defeito em sua aparência ou uma reação excessiva, de um certo desespero por alguma falha física.
              A maioria das pessoas com esse transtorno vive procurando por dermatologistas e cirurgiões plástico para corrigir esses defeitos imaginados.
              O melhor tratamento nesses casos é a psicoterapia para lidar com essa angústia, sofrimento e acima de tudo, elevar a autoestima.

Paula Espíndola



sexta-feira, 15 de junho de 2018

Transtorno obsessivo compulsivo sexual


TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO SEXUAL

              O transtorno obsessivo compulsivo sexual é também conhecido como Ninfomania.
              Deve-se estar atento na diferença entre gostar de sexo e ser um compulsivo sexual, pois ter muita vontade de “transar” não caracteriza um transtorno.
              Já o compulsivo sexual é aquele que não consegue resistir aos pensamentos e desejos sexuais, com uma grande necessidade de serem saciados com alguém, mesmo que não seja seu parceiro.
              O maior problema do compulsivo sexual é que a maioria não procura tratamento e só se dá conta desse transtorno, quando sua vida já está abalada e prejudicada.
              Para esse tratamento é recomendado um acompanhamento médico para uma possível medicação adequada e terapia sexual para controlar seu comportamento e muitas vezes uma terapia de casal.

Paula Espíndola



quinta-feira, 14 de junho de 2018

Transtorno compulsivo alimentar


TRANSTORNO COMPULSIVO ALIMENTAR

              Transtorno compulsivo alimentar estão classificados nos transtornos alimentares.
              Os principais transtornos alimentares são:
·       Anorexia nervosa: é a obsessão pelo controle da quantidade de alimento que se consome.
·       Bulimia nervosa: é a ingestão de alimento e depois vem o desespero que leva a indução de vômitos ou uso de laxantes.
·       Transtorno de compulsão alimentar periódica: a pessoa come compulsivamente e depois fica muito ansiosa e angustiada com a preocupação com o seu peso.
Fique atento aos seus comportamentos e caso perceba algo de errado ao ato de alimentar-se, procure ajuda profissional.

Paula Espíndola



quarta-feira, 13 de junho de 2018

Tipos de transtornos de ansiedade


TIPOS DE TRANSTORNOS DE ANSIEDADE

              Transtornos de ansiedade são vários sintomas ansiosos que causam desconforto ou comprometimento na vida da pessoa.
              Os principais tipos de transtornos de ansiedade são:
·       Transtorno do pânico: são ataques frequentes de ansiedade, que ocorrem de uma hora para outra;
·       Transtorno de ansiedade generalizada: são preocupações excessivas e ansiedade crônica;
·       Transtornos fóbicos: temos a Fobia Social (medo de ser julgado pelos outros), Agorafobia (medo de ter crise de ansiedade em lugares com espaços abertos) e outras fobias.
·       Transtorno de estresse pós-traumático: causado por uma experiência traumática muito estressante ou uma incapacidade;
·       Transtorno obsessivo compulsivo (TOC): associado a sentimentos de medo, angústia e estresse. Realiza repetidamente certas ações que são compulsões para se sentir melhor e reduzir a ansiedade.

Paula Espíndola



terça-feira, 12 de junho de 2018


COMEMORAR ESSA DATA SEM TER NAMORADO! COMO?

              Recebo várias mensagens de pessoas desesperadas e aflitas com a data do “Dia dos Namorados”, por não terem um namorado ou porque chegou ao fim o seu relacionamento.  Assim resolvi escrever esse texto para acalentar os corações que estão sofrendo.
              Comemorar essa data, sem ter namorado? Sim, comemore a vida!
              Para não ficar chateada e deprimida, arrume-se e saia para fazer algo que realmente goste, nem se for um passeio pela praça.
              Agora é a hora de colocar seus pensamentos em ordem, aceitar que nem todos irão nos querer e jamais desejar ficar num relacionamento que não acrescenta em nada, muitas vezes, machuca, fere e te anula.
              Aprenda a elevar sua autoestima, porque não adianta querer amar alguém, sem amar a si próprio.
              Seja mais você e se ame sempre!
Paula Espíndola



Sintomas dos transtornos de ansiedade


SINTOMAS DOS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE

              Quando a ansiedade começa a atrapalhar a rotina, tem que ser investigada por um profissional como psicólogo ou psiquiatra, para que não leve a transtornos de ansiedade.
              Os transtornos de ansiedade são sintomas de ansiedade intensa que a pessoa apresenta, atrapalhando a sua rotina.
              Os principais sintomas desses transtornos são:
·       Tensão muscular;
·       Sudorese;
·       Dificuldade na respiração;
·       Palpitações no coração;
·       Insônia;
·       Depressão;
·       Irritação;
·       Inquietação;
·       Perda de concentração.
Analise se apresenta esses sintomas e caso os perceba vá em busca de um acompanhamento profissional.

Paula Espíndola